Edição Família – Release 02

Feira do Circuito das Malhas

PEÇAS DA FEIRA DO CIRCUITO DAS MALHAS EM MILÃO

  • Roupas de coleções elogiadas pelos italianos estarão na Feira do Circuito das Malhas, que ocorre em São Paulo entre os dias 19 e 28 de maio
  • Consumidores acostumados com qualidade e moda podem adquirir as malhas apresentadas na Itália diretamente dos fabricantes brasileiros na feira
  • As malhas da feira foram utilizadas pelo jornalista Matheus Luiz, do Club&Casa Design, em visitas à Gucci e ao clube do estilista Roberto Cavalli

Maio de 2017 – No mês de abril, um grupo de arquitetos, decoradores e designers de interiores brasileiros, com a coordenação do Club&Casa Design, uma plataforma de relacionamento para esses profissionais, esteve no Salone del Mobile em Milão, na Itália, para conferir de perto os principais lançamentos e tendências do setor para 2018. Um dos integrantes da comitiva, o jornalista do Club&Casa, Matheus Luiz, levou na bagagem algumas peças de fabricantes que estarão na Feira do Circuito das Malhas (www.feiradocircuitodasmalhas.com.br), que ocorre no Centro de Eventos São Luís, entre os dias 19 e 28 de maio, em São Paulo.

As malhas da feira utilizadas por Matheus ganharam muitos elogios em Milão. “Fui à Gucci usando um tricô verde militar (seguindo a tendência do verde greenery) com estampa camuflada. Fui ao clube do estilista Roberto Cavalli com outro tricô da feira, dessa vez azul e completamente estampado com formas geométricas brancas”, lembra o jornalista. “Nesses dois locais, de extrema importância para a moda mundial, as peças igualaram-se às produzidas por essas marcas internacionalmente famosas, chamando atenção do público tanto quanto qualquer outro look”, destaca.

Looks para italianos verem – Além de estarem sendo comercializadas na feira, as peças dos looks apresentados em Milão podem ser conferidas no YouTube do Club&Casa Design, em entrevistas gravadas por Matheus com alguns dos principais nomes da arquitetura e decoração mundial, como Karim Rashid, Dror Benshetrit, Gaye Cevikel e Luis Pons. “Quando tomei conhecimento do significado da palavra flâneur, como hobby e profissionalmente em situações pontuais, passei a observar especialmente o comportamento humano nas cidades de outra forma. Flâneur significa uma pessoa que anda pela cidade a fim de experimentá-la. De perto, os italianos e a moda local são impressionantes. Nem tanto pelos looks extravagantes, pois, no geral, são todos muito chiques e de cores sóbrias, mas pela forma como moda, arquitetura e outros aspectos estão claramente envolvidos, de forma involuntária, no lifestyle de todos os milaneses”, revela o jornalista. Ele, porém, revela: “O Brasil é rico em bagagem criativa e, principalmente, em materiais para tornar-se referência mundial no mercado da moda”.

De olho na moda outono/inverno, Matheus dá dicas do que não pode faltar no guarda-roupa dos brasileiros: muitas opções de tricôs e malhas finas de diversas estampas. “Eu particularmente gosto de usá-las para imprimir a personalidade do look. Quando está muito frio, uso jaquetas de couro, blazers e casacos mais pesados, mas sempre de cores neutras”, argumenta. Ultimamente, o jornalista aderiu à moda dos lenços que, tempos atrás, não faziam parte do seu repertório. “As meias coloridas aparentes também estão me conquistando, mas ainda não as incorporei aos meus looks”, revela.

Feira começa no dia 19 de maio – Depois de reunir mais de 50 mil pessoas em 2016, a Feira do Circuito das Malhas, referência em moda outono e inverno há 14 anos, invade a Avenida Paulista, em São Paulo, a partir o dia 19 com novo line up, muito mais fashion. “Neste ano, tivemos uma curadoria diferenciada para a coleção que será apresentada no evento pelos fabricantes”, explica a idealizadora do projeto, Sônia Sodré. “Vamos aproximar os compradores das passarelas com itens de muita qualidade, tendência e glamour, que estarão nas principais vitrines nacionais, como essas apresentadas em Milão”, argumenta.

As cerca de 90 marcas fabricantes de moda feminina, masculina e infantil participantes da Feira do Circuito das Malhas são oriundas dos principais polos como Monte Sião, conhecida como a Capital Nacional do Tricô, e Jacutinga, reduto da moda fashion mineira. Muito valorizada nas principais butiques nacionais, a moda de Minas Gerais destaca-se pelo cuidado com o acabamento e com os detalhes, que valorizam sempre o uso de materiais artesanais, como crochê, renda e aplicações de patches, promovendo peças exclusivas que se destacam no mercado brasileiro.

Há ainda expositores de Serra Negra e Águas de Lindóia, cidades do interior de São Paulo que também são referências no setor de malhas. Os produtos de lã e de couro, como os tradicionais casacos e jaquetas, por sua vez, serão apresentados por fabricantes da Serra Gaúcha e do Paraná, polos do Sul do país, que trazem para São Paulo as novas tendências do setor, elaboradas por estilistas e consultores de moda, e o que é melhor, a preços de fábrica.

SERVIÇO
FEIRA DO CIRCUITO DAS MALHAS

De 19 a 28 de maio
Edição Família
Centro de Eventos São Luís, em São Paulo (Metrô Consolação)
Entrada pela Rua Luís Coelho, 323
Todos os dias, das 12h às 21h
Entrada: R$ 6,00 (pessoas acima de 60 anos e crianças até 12 anos não pagam entrada)
Estacionamento no local
Espaço reservado para alimentação no local
Pagamento: à vista, em dinheiro, cheque ou cartões de débito e crédito; parcelado, cheque ou cartões de crédito Visa e Mastercard